13 de maro de 2024 às 20:18

Inovação no Artesanato Rural Paulista: é a proposta da exposição do Senar-SP em parceria ONG.

As peças, criadas por artesãos e designers da ONG Orientavida, estão em exposição na sede do Sistema FAESP/SENAR-SP

Crédito:Faesp/Senar

As 52 peças em taboa e couro em exposição foram confeccionadas por artesãos e designers que colaboraram com o desenvolvimento e o aprimoramento dos produtos da ONG.

 

A exposição faz parte da parceria entre o SENAR-SP e a ONG Orientavida, que incluiu realização de workshops para capacitação de 65 instrutores do SENAR-SP da linha de ação Artesanato de diversas regiões do Estado.

 

Durante os workshops, os instrutores foram orientados e capacitados sobre a concepção de uma coleção de peças integrando técnicas tradicionais. Materiais como palha, macramê, couro e bordado foram usados com uma abordagem contemporânea de design e presença nas mídias sociais.

 

O resultado do workshop foi uma coleção inspirada na jaboticabeira, árvore frutífera nativa da Mata Atlântica. Os instrutores foram desafiados a criar suas próprias coleções, enfatizando criatividade, versatilidade, um toque moderno e sustentabilidade.

 

A importância deste workshop vai além das técnicas refinadas, representando um passo significativo rumo a um artesanato mais inovador, moderno, sustentável e gerador de renda.

 

O presidente do Sistema FAESP/SENAR-SP, Tirso Meirelles, ressalta o alto padrão de qualidade das peças em exposição e a função pedagógica da parceria entre as instituições. "O workshop realizado com os instrutores vai impulsionar ainda mais o artesanato ensinado nos cursos do SENAR-SP, levando uma nova visão para agregar valor às peças confeccionadas", disse.

 

Ana Eliza Angelieri, voluntária da ONG Orientavida, comemora a colaboração entre as instituições. "A parceria com o SENAR-SP é fundamental para a nossa organização. Nesse projeto, pudemos compartilhar nossos conhecimentos e contribuir para fortalecer o artesanato em São Paulo por meio do talento dos instrutores que já atuam nos sindicatos rurais", comentou.

 

A colaboração entre o Sistema FAESP/SENAR-SP e a ONG Orientavida promove inclusão social e econômica por meio do artesanato, com destaque para o progresso local, desenvolvimento da economia criativa e preservação das raízes culturais.

 

Sobre a ONG Orientavida

A Orientavida é reconhecida por sua expertise em capacitar e inserir mulheres no mercado de trabalho. Já formou mais de 1.150 profissionais em habilidades como corte, costura e bordado. Esse impacto transcende números, beneficiando mais de 1.500 famílias através da renda gerada pelo artesanato.

Fonte: Faesp/Senar

comentários

Estúdio Ao Vivo